terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Saudades...

Que sentimento estranho é esse que de tempos em tempos toma conta da de nossas mentes, fazendo lembrar fatos, pensamentos e idéias que ficaram no passado?
Sim, eu estou passando por essa fase...Ahhhh! Quantas lembranças de coisas que eu deixei num canto da memória e que achei que não iria lembrar mais...

Doces momentos de criança onde minha maior preocupação era onde havia colocado minhas bonecas e não lembrava, ou se minha amiguinha viria brincar comigo...
De minha adolescência, nos tempos de escola, amigas e amigos que hoje ao nos reencontrarmos dizemos o quanto  tempo passou e como era bom aquele tempo...
Amizades feitas e desfeitas, sonhos montados e desmoronados, projetos que ficaram no Baú das Idéias...
Esse sentimento tem tomado conta de algumas que tenho conversado. Saudades de amigos, de ajuntamentos, de tempos em que nos comportávamos de forma mais simples e verdadeira.

Por que precisamos muitas vezes usar de uma máscara para encobrir nossos sentimentos? Tão doloroso ter que com o coração gritando de tristeza, sorrir e dizer que está tudo bem ou ter que reprimir uma alegria que está explodindo em nós, por medo de compartilhar isso com os Roubadores de Sonhos!

Dia desses pensei comigo: - "queria ter a cabeça que tenho hoje com idade de antes, assim não teria feito tanta bobagem..."
O grande problema não está no passado, mas a forma como não liberamos perdão sobre esse passado o que nos faz carregá-lo como uma grande mochila cheia de pedras pesadas.
O saudosismo tem seu lado bom, sim, com certeza, o que não podemos é ficar preso a ele, pois isso nos faz não enxergar as grandes possibilidades que temos para o nosso futuro.

Sinto saudades de amigos, de pessoas, do trabalho fora de casa ( com dois filhos pequenos não tenho coragem de sair), de uma certa magreza que algum dia tive ( heheh, sim tive mas as custas de remédios que trouxeram grandes consequencias), e de muitas coisas que infelizmente gostaria de expor mas que não seria de bom tom no momento.

Há aqueles que dizem: "quem vive de passado é museu, olhe pra frente", mas gosto da passagem de Lamentaçoes de Jeremias "Todavia, lembro-me também do que pode dar-me esperança" ! ( Lamentaçoes 3:21).
Jeremias estava como ele mesmo diz, com gosto amargo de fel devido à tantas desesperanças e tristezas ( eita homem que chorava, parece eu, heheh)

Sabe, nós esquecemos daquilo que Deus já fez por nós, o que dá esse sentimento de abandono e desesperança, de saudade daquilo que ficou pra trás.

Experimente colocar num papel o que Ele, nosso amado já fez por você, com certeza a lista será enoooooorme e saudade será uma esperança daquilo que ainda está por vir. E quando digo não me refiro a nada a não a esperança da Glória.. o dia em que estaremos junto com Pai adorando-O por toda a eternidade, onde Ele mesmo enxugará de nossos olhos todas as lágrimas por que as primeiras coisas já  passaram e Ele mesmo fará tudo novo, de novo ( Apocalipse 21:4-5).

Um grande abraço, com saudades de você que irá ler isso!



Deus te abençoe grandemente

Lisi Prestes




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...